Componentes de um pneu

Os pneus de automóvel são produtos de engenharia complexos. São compostos por numerosos compostos de borracha, vários tipos de negro de carbono, enchedores (como a sílica), e substâncias químicas ou minerais. Descubra aqui como os pneus são feitos.

Os componentes de um pneu

1. Relevo. Feito de borracha sintética e natural, é incluído de três secções: o "relevo” - que é responsável por agarrar a estrada e proporcionar estabilidade direcional e resistência ao desgaste, a "base" - que reduz a resistência ao rolamento e a danos no invólucro, e o "ombro" - que forma uma transição otimizada do relevo para a parede lateral.  

2. Malha de relevo sem junta. Encontrada abaixo da camada exterior do pneu, esta malha de fibra sintética, embutida em borracha, aumenta a adequação a altas velocidades. 

3. Corda de aço para malhas de cintura. Cordas de aço de alta resistência que aumentam a retenção da forma e a estabilidade direcional. Reduzem também a resistência ao rolamento e ajudam a aumentar a quilometragem do pneu.

4. Malha de corda têxtil. Raiona, ou poliéster revestido de borracha, controlam a pressão interna - mantendo também a forma do pneu.

5. O revestimento interno, feito de borracha de butil, veda a câmara-de-ar interna e age como tubo nos pneus denominados “tubeless”.

6. A parede lateral protege o invólucro contra danos externos e condições atmosféricas. Pode também encontrar informação sobre o pneu na parede lateral.

7. Um reforço de cordão, feito de fibra sintética e de fibras de aramida, aumenta a estabilidade direcional e garante maior precisão de condução.

8. Vértice de cordão. Este material de borracha sintética também melhora estabilidade direcional e a precisão da condução, ao mesmo tempo que melhora o conforto.

9. Núcleo de cordão. Este arame de aço, embutido em borracha, garante que o pneu assenta firmemente sobre a jante.

Uniroyal. Uma marca do grupo Continental